Dubravka Ugresic

Dubravka Ugrešic nasceu na ex-Jugoslávia, atual Croácia, em 1949. Após obter a licenciatura em Literatura Russa e Comparada, trabalhou durante vários anos no Instituto de Teoria da Literatura de Zagreb. Em 1991, aquando da deflagração do conflito nos Balcãs, as suas declarações contra a guerra tornaram-na alvo de ódio nacionalista por parte de jornalistas, políticos e outros escritores. Em 1993, abandonou a Croácia e, desde então, ensina em várias universidades nos EUA e na Europa, como Harvard ou Columbia. Considerada uma das mais importantes escritoras da atualidade, é autora de ensaios e romances, entre os quais se destacam O Museu da Rendição Incondicional (Cavalo de Ferro, 2011), Baba Jaga je snijelajaje, Ministarstvo boli e Nikog nema doma, traduzidos em mais de 20 línguas. Venceu vários prémios literários, incluindo o prémio Heinrich Mann para ensaio e o prémio Pen 2006, bem como finalista dos prémios Femina e Man Booker International. Em 2016, a sua obra foi distinguida com o prestigiado prémio Neustadt de Literatura.

Livros da autora

Raposa (Dubravka Ugresic)

Dubravka Ugresic

Dubravka Ugresic é uma autora a seguir, uma autora a acarinhar.

O Museu da Rendição Incondicional

Dubravka Ugresic

O Museu da Rendição Incondicional foi recebido pela crítica internacional como uma obra universal e um dos mais im­portantes romances contemporâneos europeus das últimas décadas.