logo

Curzio Malaparte

  • Home
  • /
  • Autores
  • /
  • Curzio Malaparte

Curzio Malaparte (pseudónimo de Kurt Erich Suckert) nasce em 1898, em Prato, perto de Florença. Aos dezasseis anos, em 1914, ainda a Itália não entrara na guerra, alista-se como voluntário no exército francês, recebendo a Cruz de Guerra com palma. Apoiante, numa fase inicial, do movimento fascista italiano e jornalista prolífico, Malaparte publica, em 1931, Técnica do Golpe de Estado, que lhe vale uma pena de prisão de cinco anos na ilha de Lipari. 

Durante a II Guerra Mundial, ruma à Frente Leste como correspondente de guerra do Corriere della Sera, experiência essa que serve de mote para os seus livros mais célebres, Kaputt e A Pele. Depois da guerra, Malaparte, cujas afinidades políticas entretanto resvalam para a esquerda e cujo ateísmo se converte em catolicismo, continua a escrever, dedicando-se também ao teatro e ao cinema. Morre em 1957, em Roma.

 

Livros publicados


Kaputt

    Relato impiedoso da Europa em plena II Guerra Mundial. O livro que consagrou Malaparte como um dos maiores escritores do século xx.